Conservação e Cuidados

Violões resonadores são instrumentos complexos, apresentando muito mais partes móveis internas e externas que os instrumentos de corda convencionais. Devido a isso, não é raro aparecerem eventualmente alguns chiados e vibrações, em decorrência de mudanças climáticas, umidade, e até vibração pelo uso normal.

Se isso ocorrer, nunca desmonte seu violão, lembrando que ele foi cuidadosamente montado e ajustado por luthiers especializados neste peculiar instrumento, para uma ótima sonoridade e uso profissional.  Qualquer intervenção executada por pessoas não especializadas poderá danificar o cone e outras partes sensíveis, tornando mais difícil ainda o conserto. O que pode ser feito por você, é checar o aperto da proteção metalica dos cones e dos parafusos de fixação das tarrachas (com muito cuidado, usando pouca força, para não espanar parafusos e roscas). Muitas vezes, esta é a causa dos ruídos e vibrações. Caso esta operação não resolva, nos envie um email (assistencia@deltaguitars.com.br) relatando detalhadamente o problema que tentaremos solucionar o mais rapidamente possível.

                                          

                                 Cordas e Ação

O seu Delta vem com jogo de cordas de aço 0,11, que durante o transporte, tem suas cortas parcialmente soltas. A ação das cordas (altura em relação á escala) é ajustada para média, proporcionando conforto tanto para quem toca slide quanto para quem toca acordes e solos “digitados”.   Caso seja de sua preferência (principalmente para quem toca com slide), você pode substituir as cordas por outro jogo com maior tensão, no entanto, não recomendamos tensões maiores que 0,14, para não forçar o braço em demasia.

 

                      Troca de Cordas (IMPORTANTE LER!)

A entonação correta de cada corda depende da posição milimetricamente ajustada de cada cone. Portanto, SEMPRE EFETUE A 

TROCA DE CORDAS UMA A UMA (use a mesma seqüência de soltura de cordas abaixo). EVITE RETIRAR TODAS AS CORDAS DE UMA SÓ VEZ, pois os cones poderão sair do lugar original e a entonação/afinação poderá ficar comprometida.

Os cones são elementos sensíveis, e podem facilmente serem amassados. Portanto evite:

1-      Inserir objetos estranhos nas aberturas da tampa dos cones

2-      Soltar todas as cordas seqüencialmente, pois a diferença de tensão em um dos lados da ponte poderá amassar o cone. Se precisar fazê-lo, use a seguinte seqüência:

  • Soltura de cordas: 1 - 6 - 2 -  5 - 3 – 4
  • Colocação: 4 - 3 – 5 - 2 - 6 - 1

                                    Sempre Brilhando

Para manter o brilho do seu Delta, de níquel polido, seguem as nossas recomendações:

Comece com as técnicas de limpeza menos abrasivas antes de passar para as mais abrasivas. Limpe o corpo com um pano macio (flanela) usando um produto limpa-vidros de qualidade, álcool ou mesmo vinagre branco. Isto deve ser feito cada vez que você usá-lo, e deve retirar impressões digitais, suor e engordurados.

Para remover manchas difíceis, recomendamos polidores de metal, facilmente encontrados em mercados. Uma vez que o instrumento esteja limpo, você pode aplicar uma fina camada de cera de carnaúba (comum em ceras automotivas).

Com o tempo, como é natural em qualquer instrumento vintage, o acabamento brilhante dará lugar a uma elegante pátina, principalmente nos pontos de maior atrito com o corpo. Isto é normal e não desvaloriza o seu Delta, pelo contrário, tenha orgulho pois estas marcas são a prova de que seu bravo companheiro tem lhe servido bem todos esses anos!