O Violão Ressonador (ou resonator)

Os violões resonadores, comumente chamados no Brasil de DOBROS ** (contração de DOpyera BROthers), foram criados no final da década de 20 por John Dopyera, eslovaco radicado nos EUA-California, que buscando atender a necessidade do músico George Beaumont (lap guitar - colo), buscou melhorar a amplitude e potência do som dos violões, que eram encobertos por outros instrumentos, já que não havia instrumentos “elétricos” de corda disponíveis.  John patenteou o primeiro  modelo ressonador, o “Tricone” em 1927, que consistia de um inovador violão com corpo de metal, em "bell brass" (latão de sinos), aço, “german silver” (alpaca), com acabamento niquelado ou pintado, braço de madeira, com uma ponte em forma de “T”, apoiada em três cones finos de alumínio, produzidos manualmente (hand spun).  A versão inicial foi a de "braço quadrado" (square neck - ou hawaiian, para se tocar estilo "lap" - colo), e posteriormente foi lançada a versão tradicional ("round neck" ou "spanish"), atualmente mais difundida.

Em 1929, John patenteou o modelo com corpo de madeira e ponte “aranha” (spider bridge), com cone único, braço quadrado ("square neck") para ser tocado “no colo” ou braço arredondado ("round neck" ou “spanish”), para ser tocado de forma tradicional. Tal tipo de violão é o que podemos chamar de "dobro verdadeiro".

Posteriormente em 1930, foi patenteado o violão de metal com cone único (single cone), em que as cordas eram apoiadas em uma ponte de madeira encaixada em um apoio redondo em contato com o cone (biscuit bridge)..

No final da década de 20 e durante toda a década de 30, os violões ressonadores foram os violões mais vendidos nos EUA. A Grande Depressão e a 2ª Grande Guerra, além da invenção da guitarra elétrica foram os responsáveis pela queda da popularidade repentina destes instrumentos.

Deste então, estes instrumentos mantiveram-se durante décadas populares apenas entre músicos de Blues, Bluegrass, Country, e Hawaiian.

 

No entanto, este tipo de instrumento tem se popularizado nos últimos anos, impulsionados principalmente pela nova onda folk rock, puxada por bandas ascendentes principalmente dos EUA e Inglaterra. Nomes como Johnny Flynn, The Civil Wars, Mumford & Sons, Taylor Swift tem feito uso dos violões resonadores, dando a este violão uma projeção além do blues e country.

 

O instrumento ressonador, quando comparado aos tradicionais violões e violas de madeira, destaca-se por seu grande volume, riqueza de harmônicos, possuindo sonoridades que vão desde os sons mais delicados e melodiosos até sons mais agressivos e ásperos, dependendo principalmente do material do corpo (aço, latão ou madeira), seu formato e tamanho, do tipo de ressonador (cone único ou tricone) e da configuração da ponte (spider ou biscuit). Para saber exatamente o que queremos dizer, veja nossa seção de vídeos.

 

Você pode agora possuir um verdadeiro resonador, feito a mão, seguindo as especificações históricas.

 
 ** Dobro é marca registrada da Gibson EUA